3 mensagens não lidas

3 mensagens não lidas

Às vezes esperar por um email se torna uma obsessão. Há 36 dias estou à espera de um sim na minha caixa de entrada, mas no lugar dele vieram várias outras coisas que me tiraram do sério. Primeiro veio um quase-não na forma de suspensão de um processo consular. O meu mundo veio por água abaixo e acho que os meus cabelos caíram quase todos também. Na urgência louca e inflamada de tentar resolver o problema que nem era meu para resolver eu esperei por vários outros emails, mas o problema dessa comunicação quase que arcaica e que só serve mesmo para formalidades, trabalho e outras chatices é que cada vez que sobe o número de mensagens recebidas o coração acelera, e quase sempre se trata de uma decepção. Mesmo assim eu não largo meu celular; abro o app do Gmail como um tique nervoso, a cada poucos minutos, às vezes segundos. No computador, a aba do email nunca está fechada. Já não é consciente o meu constante monitoramento do canto superior esquerda da tela – enquanto escrevo esse texto já chequei pelo menos três vezes. Tenho 3 mensagens não lidas e são todas de trabalho, para amanhã. Vou resolver essas tarefas todas o mais rápido possível para poder zerar a contagem e poder dar espaço à ansiedade que enche minhas tardes e noites.

Tempo para ter tempo

Tempo para ter tempo

Estou ansiosa porque acho que não vai dar tempo e que logo vai ser tarde demais.

Vago isso, né?

Mas hoje a ansiedade brota dos emails de trabalho que não me respondem, emails que queria receber para saber do que vai ser do resto do meu dia, do meu amanhã, dos próximos seis meses.

Trabalhar de casa como freelancer não ajuda se você é uma pessoa que quer certezas na vida, mas foi a escolha que eu mesma fiz em nome da minha liberdade – que claramente não sei muito bem como administrar.  Continue lendo “Tempo para ter tempo”

Mesa digitalizadora para quem não é designer

Mesa digitalizadora para quem não é designer

Um dia desses eu comprei uma mesa digitalizadora e ela mudou a minha vida – e eu nem sou designer.

Eu faço freelas de Social Media, e a maioria deles envolve Photoshop. Mesmo que sejam coisas mais básicas, eu estava passando muito tempo mexendo em detalhes pequenininhos de imagens com o trackpad do meu notebook – não sei se isso acontece com vocês, mas o meu dedinho da mão direita estava sofrendo muito.

Continue lendo “Mesa digitalizadora para quem não é designer”

Como fazer stories incríveis no Instagram

Como fazer stories incríveis no Instagram

Eu tenho recebido um tanto de mensagem no Insta sobre os meus stories, então esse post é pra vocês.

Vamos lá: eu era muito, mas muito fã mesmo, do Snapchat. Quando o Instagram lançou o Stories eu me senti uma GRANDE VÍTIMA DO CAPITALISMO e tomei as dores do Snap porque poxa, tão legais os filtros…

Continue lendo “Como fazer stories incríveis no Instagram”