Tempo para ter tempo

Estou ansiosa porque acho que não vai dar tempo e que logo vai ser tarde demais.

Vago isso, né?

Mas hoje a ansiedade brota dos emails de trabalho que não me respondem, emails que queria receber para saber do que vai ser do resto do meu dia, do meu amanhã, dos próximos seis meses.

Trabalhar de casa como freelancer não ajuda se você é uma pessoa que quer certezas na vida, mas foi a escolha que eu mesma fiz em nome da minha liberdade – que claramente não sei muito bem como administrar. 

Confesso que há dias em que tudo que eu desejo é um emprego com plano de carreira, férias e benefícios. Mas esses, além de raros, dificilmente permitiriam que eu tirasse uma tarde da semana para cursar uma matéria isolada no mestrado de Filosofia como hobby.

É paradoxal que o medo de não ter tempo seja tão paralisante a ponto de me impedir de fazer as coisas que eu gostaria. Eu não vejo meus amigos na quarta-feira à noite porque tenho planos de acordar cedo na quinta, eu não paro para almoçar coma minha mãe porque acho que preciso terminar um texto que nem é para hoje, eu saio das aulas sempre 15 minutos antes porque acho que o trânsito vai interferir nos meus planos de arrumar o quarto quando eu chegar em casa. São mentiras irracionais que a ansiedade sussurra nos meus ouvidos mas que eu não consigo não acreditar.

Screen Shot 2017-06-21 at 3.34.14 PM

Eu já cheguei a cancelar horários com a minha analista porque estava ansiosa demais achando que precisava trabalhar, sendo que quem marcou esses horários fui eu. É como se esse horário marcado na agenda ficasse olhando para mim assinalando uma interrupção na minha produtividade – e não um acréscimo ao meu bem estar e uma possível solução para a própria ansiedade.

Essa sensação de agora-ou-nunca me persegue, mas eu persigo ela também. Acabamos correndo em círculos uma atrás da outra, nunca chegando a lugar algum.

É absurdo porque eu não sei dizer muito bem onde é que eu quero chegar. Independência financeira? Estabilidade emocional? Tempo livre e dinheiro para viajar? Realizar um trabalho que me deixe orgulhosa e que pague as contas ao mesmo tempo?

Quero todas essas coisas, acho que todo mundo quer. A vida adulta, independente e próspera é quase um lugar idílico que habita apenas os meus sonhos e não a minha realidade. Mas o que tem pra hoje é terminar tudo que tem na minha lista de coisas para fazer para chegar ao fim do dia com a sensação de dever cumprido e, quem sabe, ao fim do mês com as contas todas pagas.

Talvez eu precise de marcar na minha agenda um horário para ter tempo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s